eHealth: o caso da Estônia e o uso de blockchains na segurança do histórico de 1 milhão de pacientes

Atualmente, a Estônia vem se destacando frente a outros países da União Européia na integração dos serviços de saúde através do fenômeno do eHealth, introduzido no país em 2008. Através desse sistema, é possível ler prescrições médicas e ver o histórico de dados de saúde de cada paciente, por exemplo. Além disso, todos os planos de saúde são obrigados a enviar relatórios para esse sistema, que pode ser acessado pelos profissionais e pelos próprios pacientes, que representam cerca de 98% da população do país

Abrir: www.egov.ufsc.br/portal/conteudo/ehealth-o-caso-da-estônia-e-o-uso-de-blockchains-na-segurança-do-histórico-de-1-milhão-de/