Disrupção tecnológica!!! (País das Maravilhas ou realidade ameaçadora?)

Disrupção tecnológica!!! (País das Maravilhas ou realidade ameaçadora?) | Fábio Hideki Kawauchi, CBPP Blue Seal, BT Explorer | LinkedIn.

(Orientação aos navegantes: este artigo é apenas um índice lúdico que leva a diversos links que irão, com certeza, mudar sua forma de ver o mundo em que vive(re)mos, são 18 artigos e vídeos – e 2

Abrir: www.linkedin.com/pulse/alice-estamos-chegando-kawauchi-cbpp-blue-seal-bt-explorer/

Interagir

Escola adota método de educação sem separação de alunos por série

Bom Dia Sãoo Paulo | Escola adota método de educação sem separação de alunos por série em Cotia | Globo Play.

O Projeto Âncora, cuja dinâmica de ensino não separa os alunos por séries nem aplica provas convencionais, foi um dos 12 selecionados pelo Canal Futura para uma série de documentários. As reportagens irão contar histórias de projetos de educação inovadores com grande potencial de transformação.

Abrir: globoplay.globo.com/v/5304231//

Interagir

Asymmetrica adiciona espaços extras ao texto de sites para melhorar a leitura

Asymmetrica adds extra spaces to website text to help improve reading comprehension — Quartz.

In the US, about 30 million adults struggle with basic literacy. The inability  to read proficiently  has wide-ranging economic consequences, affecting a person’s ability  to get  and hold onto a job, as well as increasing the likelihood one would rely on government assistance. But one tech company believes something as simple as increasing the size  of spacing between certain words could improve people’s reading comprehension.

Abrir: qz.com/452848/this-article-has-been-perfectly-formatted-for-maximum-reading-comprehension-2//

Interagir

Para educador português, ‘não se aprende nada numa aula’

Para educador português, ‘não se aprende nada numa aula’.

Idealizador da Escola da Ponte, em Portugal, José Pacheco influenciou professores do mundo todo com a proposta educacional implantada no colégio a partir de 1976.

Os colégios dos quais participa ou que aconselha não têm aulas, séries nem provas. As crianças escolhem projetos –fazer um robô, por exemplo– e aprendem os conteúdos curriculares a partir deles. No Brasil, onde Pacheco vive hoje, dezenas de escolas seguem seus princípios.

Abrir: m.folha.uol.com.br/educacao/2016/09/1810551-para-educador-portugues-modelo-escolar-do-sec-19-produz-ignorancia.shtml/

Interagir